EP 254: Entrevista com Renata de Almeida (Mostra de SP) | Os 7 de Chicago

[Os 5 da Mostra]

Alerta de episódio especial, varandeiros! A 44ª edição da Mostra SP está prestes a ter início e a diretora do Festival, Renata de Almeida, retorna ao podcast. Ela fala sobre as expectativas para uma Mostra 100% online pela primeira vez, a negociação para conseguir filmes relevantes em um ano tão difícil, os desafios de um orçamento menor e muito mais.

Em debate, Os 7 de Chicago (31:55) uma das maiores apostas da Netflix para o Oscar, com direção de Aaron Sorkin e um elenco de estrelas. O filme resgata um julgamento histórico de alguns dos líderes jovens dos protestos contra a Guerra do Vietnã que vão parar no banco dos réus pelo recém-eleito governo Nixon.

No Momento Belas Artes à La Carte, recomendamos a imperdível estreia de Marco Bellocchio. No Puxadinho da Varanda, muitos destaques da Mostra SP e também o filme The 40-Year-Old Version, além dos outros dois lançamentos da parceria Blumhouse-Prime Video: Mau-Olhado e Noturno. E, no Cantinho do Ouvinte, os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 19 de outubro, via internet.

3 comentários sobre “EP 254: Entrevista com Renata de Almeida (Mostra de SP) | Os 7 de Chicago

  1. Olá Varandeiros!

    Ver a irmã do Sherlock desvendando os mistérios da Inglaterra Vitoriana é bem mais interessante que 7 homens num tribunal sonolento. Quem concorda respira. E vocês ainda deram uma nota pior pra ela. Que absurdo!!!. Estou brincando, varandeiros. Se vocês quiserem ver realmente um drama de tribunal decente e atual, veja The Good Wife ou The Good Fight, bem melhor. Desinteressante, chato, nenhuma atuação realmente empolgante, achei esse filme super arcaico. Bem a cara da Netflix atualmente.

    Um Abraço.

    Curtir

  2. Lembro que assisti “Vincere” num netbook de 10 polegadas numa sessão da Mostra daquele ano que foi exibida no MUBI, como contou a Renata, Vincere que ficou famoso também aqui em São Paulo pelo fato de um pessoal de sair no tapa na bilheteria de cinema.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s