EP 264: Varanda Awards 2020

[Varanda Awards 2020]

É chegada a hora da quinta edição do Varanda Awards. Nosso episódio especial que resume o ano no cinema (ou, no caso, nos streamings, já que as salas de cinema foram muito prejudicadas na pandemia). Um balanço anual dos debates que você acompanhou aqui, nos nossos episódios semanais.

Aliás, o Cinema na Varanda chega ao 5 anos de existência. E, para celebrar, nada melhor do que uma nova identidade visual: o podcast está de roupa nova. Fica nosso eterno agradecimento ao ouvinte Matheus Sakita, que gentilmente fez um trabalho incrível!

Quais foram os melhores filmes de 2020? E aqueles que caíram da varanda? Daquela forma descontraída de sempre, temos as categorias já tradicionais, em que Cris Lumi, Chico Fireman, Michel Simões e Tiago Faria elegem, entre outros, as atuações inesquecíveis, os longas superestimados, as bombas que não explodiram, os filmes ‘coisinha do coração’, os que não foram lançados no circuito brasileiro e aqueles que, ‘se eu tivesse um travesseiro’…

E temos ainda o melhor filme de acordo com o voto dos nossos ouvintes. E, como sempre, encerramos com o Top 10 de 2020, os Melhores Filmes do Ano numa votação que conta com a ajuda de 7 dos queridos convidados que estiveram na Varanda ao longo dos últimos anos.

Agradecemos a audiência num ano tão difícil e maluco, desejamos um feliz 2021 a todos nossos ouvintes e familiares, e até ano que vem. Bom podcast, varandeiros!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na quarta, 30 de dezembro, via internet.

EP 263: A Voz Suprema do Blues | Wolfwalkers | Até Logo, Meu Filho

[A Última Marca do Pantera]

O último episódio do ano antes do Varanda Awards 2020 destaca três filmes lançados em streaming essa semana.

A Voz Suprema do Blues é uma adaptação de uma peça de teatro de August Wilson, dirigida pelo dramaturgo George C. Wolfe, com poderosas interpretações de Viola Davis e Chadwick Boseman. As chances de Oscar para a dupla são grandes, mas o filme vai além disso com seu texto denso e atual sobre os bastidores de uma gravação de uma banda de blues na Chicago dos anos 20.

A animação Wolfwalkers (28:00) é a terceira parte de uma trilogia de histórias folclóricas irlandeses do diretor Tomm Moore (que nesse filme divide a direção de Ross Stewart). Um caçador de lobos é enviado pela coroa britânica para a Irlanda para exterminar a última grande alcateia. A filha sonha em ser caçadora, se aventura sozinha pela floresta, e acaba salva por uma Wolfwalkers, uma garota que se transforma em lobo.

Vencedor dos dois premiações de interpretação no Festival de Berlim 2019, o melodrama chinês Até Logo, Meu Filho (40:05) é mais um trabalho do cineasta Wang Xiaoshuai narrando as mudanças políticas e econômicas de seu país e refletindo sobre o quanto isso influencia a vidas da população.

No Momento Belas Artes à La Carte recomendamos o grande clássico natalino de Frank Capra. No Puxadinho da Varanda os destaques são Mulher Maravilha 1984 e o documentário Até o Fim: a Luta pela Democracia. E, no Cantinho do Ouvinte, os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 14 de dezembro, via internet.

EP 262: O Som do Silêncio | A Festa de Formatura

[A Meryl Cantou e Eu Riz]

Dois filmes relacionado a música estão sob os holofotes da Varanda. Começamos com O Som do Silêncio, de Darius Marder, sobre um baterista de metal que perde a audição. O filme tem aparecido listas de melhores do ano e pode surpreender no Oscar.

O diretor Ryan Murphy está de volta com a adaptação de um musical da Broadway. A Festa de Formatura (24:32) traz um elenco de peso (Meryl Streep, Nicole Kidman, por exemplo) para falar de inclusão, ao tratar da história de uma garota do interior barrada do seu baile por querer levar uma outra garota como acompanhante.

No Momento Belas Artes à La Carte recomendamos o encontro de Jean-Luc Godard e os Rolling Stones. No Puxadinho da Varanda destaques para Emicida AmarElo – É Tudo p/ Ontem e Alelí. E, no Cantinho do Ouvinte, os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior, com um Boletim do Oscar inesperado. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 14 de dezembro, via internet.

EP 261: Mank | Mulan | Sertânia

[O Sertânia Vai Virar Mank e o Mank Vai Virar Mulan]

Da Hollywood dos anos 30 ao sertão nordestino com ares de cinema novo, passando pela China Imperial: o episódio da semana é um daqueles bem variados.

Começamos com o aguardadíssimo Mank, um projeto grandioso e pessoal de David Fincher que tem dividido, e muito, as opiniões ao resgatar a história do roteiro do clássico Cidadão Kane.

Finalmente chega ao Brasil o novo remake em live action da Disney. Mulan (42:31) era uma da grandes apostas do ano do estúdio. Ser um filme mais pé-no-chão que a animação garante um bom resultado?

Sertânia (59:02) foi uma das maiores surpresas dos festivais online pelo Brasil. O veterano Geraldo Sarno filma o cangaço em preto e branco, num filme que flerta com o cinema novo, mas surpreende (e parece realmente novo) em tantos aspectos.

No Momento Belas Artes à La Carte recomendamos o grande clássico de George Romero. No Puxadinho da Varanda a polêmica decisão da Warner de lançar seus filmes nos cinemas e streaming ao mesmo tempo. E, no Cantinho do Ouvinte, os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 7 de dezembro, via internet.

EP 260: Era uma Vez um Sonho | Jallikattu

[A Familia Buscape e o Búfalo Selvagem]

Era Uma Vez um Sonho (9:54) tem direção de Ron Howard em um projeto formatado para buscar indicações ao Oscar, principalmente por sua dupla de atrizes: Glenn Close e Amy Adams. Quais seriam as chances desse melodrama sobre uma família interiorana e complicada às voltas com o eterno sonho americano?

Um surpreendente filme de ação indiano completa o episódio. Na trama, um búfalo escapa de um abatedouro e todos os homens de um vilarejo saem em uma corrida frenética para capturá-lo. Jallikattu (38:09) vai emplacar mais uma Indicação ao Oscar de Filme Estrangeiro para a Índia?

No Momento Belas Artes à La Carte recomendamos um filme de Nanni Moretti. No Puxadinho da Varanda destaque aos filmes Pacarrete, O Barco, A Verdadeira História de Ned Kelly. E, no Cantinho do Ouvinte, os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 30 de novembro, via internet.