EP 140: Distúrbio | Domando o Destino

[Todo Dia é Dia de Indie]

Nesta semana, a Varanda deixa os lançamentos de circuito no cantinho da sala. Fomos caçar dois filmes independentes, lançados em streaming ou VOD, para debater.

Distúrbio (10:52), cujo título original é Unsane, do ex-aposentado Steven Soderbergh, foi filmado num iPhone (é a crise?). Domando o Destino (41:34), The Rider, da Chloe Zhao, chamou atenção nos festivais e agora estreia direto no cabo.

Será que os filmes pequenos são o futuro do cinema? Será que os filmes pequenos têm futuro? E, será que os filmes ficaram na Varanda, se penduraram ou caíram?

E tem Cantinho do Ouvinte e Recomendações que vão de filmes a séries e música. Bom podcast!

| Metavaranda |

Distúrbio | Unsane | Steven Soderbergh | 43
Domando o Destino | The Rider | Chloe Zhao | 62 

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico
Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado no domingo, 19 de agosto, na varanda do Michel.

Anúncios

2 comentários sobre “EP 140: Distúrbio | Domando o Destino

  1. Olá, varandeiros! Em primeiro lugar, gostaria de desejar melhoras ao Michel, que no último episódio estava nitidamente com problemas de garganta, talvez resfriado. Força, guerreiro! 😀

    Sobre a discussão dos filmes pequenos, acho que ela passa por uma melhor integração das novas tecnologias de filmagem à linguagem cinematográfica. Não é pq os celulares podem fazer filmes que um filme feito em celular deverá ter uma linguagem idêntica ao de um filme tradicional. Além disso, o domínio das novas tecnologias não traz necessariamente uma inovação na linguagem. O principal exemplo é o da ideia de “Bruxa de Blair”, que é continuamente reciclada desde que o filme virou fenômeno. Quantos filmes baratos de “found footage” surgiram nos últimos anos???

    Pra fechar, queria saber a opinião de vcs sobre a minissérie “Sharp Objects”, da HBO. Eu gostei bastante! Foi um tiro certeiro: o diretor de “Big Little Lies” + adaptação de um best seller + uma protagonista do primeiro time de Hollywood. Com o capricho característico da HBO, era difícil essa combinação dar errado.

    Abraços a todos!

    Curtir

    1. Muito legal o comentário, Leonardo. Sobre ‘Sharp Objects’: comentei o primeiro episódio em algum episódio anterior (não lembro qual). Quando eu terminar de ver, farei mais um comentário. Acho que os outros varandeiros não estão vendo.

      Abraço!

      Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s