EP 220: Antes do Amanhecer (25 anos depois) | O Jovem Ahmed | Frankie

[Todo Carnaval Tem Sua Varanda]

Há vinte e cinco anos, conhecemos o caso de amor de Celine e Jesse. Nossa forma de resgatar Antes do Amanhecer (6:18), filme que encantou tanta gente, é revê-lo e trazê-lo ao debate nessa Varanda, em ritmo de Carnaval. Esse amor juvenil resiste até hoje?

Destacamos também duas estreias que competiram na edição de 2019 de Cannes: O Jovem Ahmed (43:38), dos Irmãos Dardenne, e Frankie (1:10:59), que se passa em Portugal e é dirigido por Ira Sachs.

A Varanda presta homenagem a Zé do Caixão. No Puxadinho da Varanda as séries Hunters e Pose, e o filme A Última Coisa que Ele Quis. E, no Cantinho do Ouvinte os comentários dos varandeiros sobre o episódio anterior. Bom Podcast!

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico

Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 25 de fevereiro, na varanda do Michel.

9 comentários sobre “EP 220: Antes do Amanhecer (25 anos depois) | O Jovem Ahmed | Frankie

  1. Olá, varanders! Conheci este podcast há poucos episódios e foi uma feliz descoberta de ano novo. Este episódio foi especial pra mim, pois fez algo que parecia impossível: me fazer amar ainda mais o Antes do Amanhecer. Assisti esse filme no início dos anos 2000 e me encantei por ele sem entender o porquê. Quando saiu a continuação tive receio de me decepcionar, mas não rolou. Agora comecei a ouvir o episódio me questionando se vocês conseguiriam desvendar o encanto do filme. E pra minha surpresa, não só desvendaram como ampliaram a minha satisfação com ele. Gratidão e um forte abraço para tod@s da Varanda ❤

    Curtir

  2. Acho que poucos filmes tiveram o impacto de Antes do Amanhecer pra mim. Vi no começo da cinefilia e lembro de ter terminado lá pelas quatro horas da manhã. Indignado, suando. Me vi obrigado a assistir o segundo (que viria a se tornar um dos meus filmes favoritos) logo depois. Madrugada longa. Hoje, talvez, o primeiro da trilogia não seja tão bom quanto parecia, mas vejo que tem muita relação com o momento que assistimos.

    Sobre ‘Jovem Ahmed’, detestei quase tudo, gostei muito dos comentários de vocês e achei o Metavaranda até alto (!!!!!). Aquele castigo no final me lembrou muito a obra-prima absoluta da última década, ‘Deus Não Está Morto’.

    Abraços para a Varanda!

    Curtir

  3. A cinefilia tardia (e o fato de ser mais novo que vcs, desculpa) me permitiu uma experiência interessante: eu vi a trilogia before do Linklater… de trás pra a frente! Vi o Antes da Meia-Noite na minha maratona pro Oscar 2014 sem fazer ideia de quem eram Jesse e Celine. Apesar disso, adorei o filme – é um dos meus preferidos da década – e só depois fui ver os dois que o precedem. Pra mim são todos nota 10, mas concordo com vocês que o 2 é o melhor.

    Ótimo episódio, abraços!

    P.S.: feliz q o podcast não tira folga nem pro carnaval porém preocupado vcs precisam de férias

    Curtir

  4. Olá amigos! Eu assisti a trilogia “Antes” em uma noite depois de vocês indicaram os filmes em algum podcast antigo, e fiquei simplesmente apaixonado, especialmente pelo segundo filme. Não parava de indicar pra todos meus amigos, até obriguei alguns a assistirem comigo um dia, o que resultou numa crise de choro de uma amiga ao se identificar com a crise da Celine em Antes do Amanhecer. É genial como os personagens são construídos com os diálogos que mostram o que eles pensam, onde as pessoas se conhecem e se interessam e se apaixonam pelo que o outro acredita, é um mundo que eu gostaria de viver (sim, eu sou de humanas).

    Curtir

  5. Eu não respondi na outra vez, mas se lê (iaúxa). Eu amei esse EP sobre a trilogia do Linklater, eu conheci pela minha mãe e gosto até hoje.
    Uma pergunta sobre o carnaval de vocês : alguém saiu em algum bloquinho fantasiado ? Se não, qual fantasia de cinéfilo vocês usariam ?
    Eu fui de Bacurau para Olinda e muita gente reconheceu e ficou gritando “MELHOR FILME” e “KLEBER ARRASA”

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s