EP 144: O Predador | Atrizes no Oscar 2019

[A Ameaça que Veio do Espaço]

Um cult dos anos 80 revisitado. Os varandeiros aproveitaram a estreia de O Predador (22:30), de Shane Black, para rever o filme marcante de 1987, com Arnold Schwarzenegger, e debater ambos. As curiosidades que marcam diferenças e semelhanças entre os longas, a (sempre estranha) sensação de rever filmes queridos… O novo Predador fica ou cai da Varanda?

Mas antes, uma nova rodada do Boletim do Oscar (11:51), dessa vez com destaque para as atrizes que estão despontando na temporada do próximo Oscar.

Cantinho do Ouvinte, e Recomendações ecléticas, como sempre: tem o mockumentary Popstar, a série BoJack Horseman, o faroeste Por um Punhado de Dólares, e um festival de clássicos brasileiros nos cinemas. Bom podcast!

| Metavaranda |

O PredadorThe Predator | Shane Black | 29

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico
Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado na segunda, 17 de setembro, na varanda do Michel.

Anúncios

6 comentários sobre “EP 144: O Predador | Atrizes no Oscar 2019

  1. Na década de oitenta, o gênero brucutu, cujos representantes famosos (Stalone, Schwazenegger, entre outros) renderam alguns bons filmes, na mão de diretores bem criativos. E este filme é o caso. Não sou preconceituoso com filmes de ação. É um gênero interessante que merece atenção.
    No filme, temos uma espécie de desconstrução do herói invencível. Aos poucos, os heróis imbatíveis e arrogantes vão sendo dizimados por uma força ainda maior. Este é um bom filme, na medida em que mantém na narrativa uma certa tensão e prende o interesse da audiência em tentar entender o que realmente está acontecendo.
    Revelado o segredo, temos um excelente filme de monstro, com os efeitos práticos sensacionais de Stan Wiston. Sua criatura rende bons momentos de terror e até uma certa expressividade e surpreende ao devolver a expressão “Você é horroroso…” ao protagonista de Schwazenegger.
    É um filme bacana, que não perdeu muito com o tempo, se comparado com as produções atuais do gênero, que são bolos muito bem decorados, mas com sabor genérico e comum.

    Curtir

    1. Também não sou preconceituoso com esse gênero e adorava o cinema brucutu dos anos 80. Revia esses filmes várias e várias vezes. E entendo todas essas qualidades do ‘Predador’ que você apontou e que muitos outros apontam. Dito isso, não me peçam mais para rever esses filmes, por favor, rs. Abraço!

      Curtir

  2. Amigos,

    Sobre este filme… Muito fraco. Uma história sem pé nem cabeça e com furos de roteiro pra lá de gritante devido à presença de personagens desnecessários (a mãe), com piadas fora de hora e fora do tom muitas vezes e, para piorar, um protagonista insípido, inodor e incolor. O melhor personagem é do rapaz de Moonlight (quer dizer, menos pior). Cotação: raquítico.

    Já sobre o antigo, bem, eu não consigo ver efeitos datados, pois olho para outras coisas num filme antigo (quando os vejo) e, no meu ponto de vista, Predador continua a ser um bom filme que elevou-se a outro status. Para mim, Predador é um filme de guerra, que passa a ser de sobrevivência até tornar-se um filme de terror… Gosto muito disso no filme.

    Curtir

  3. olá Varandeiros
    A grande verdade é só reveja os filmes adorados da infância se estiver pronto para se decepcionar… (revi Garotos Perdidos – que eu adorava – e fiquei pensando meu deus, quem diabos eu era antigamente…)
    Mas só vim comentar para dizer: VALEU CRIS!!! quase que perco Pop Star!!! (não sabia que esse filme existia!!!) para ser perfeito só faltou uma ponta do Will Ferrell.
    senti que ao final do filme eu já não sabia mais o teorema de pitágora – que partes inteiras do meu cérebro tinha sido destruídas mas que tinha valido a pena!!!
    abraços

    Curtir

  4. Achei bem legal a sugestão do 2001 para a Cinemateca da Varanda. Aliás, pensando nisso, vocês poderiam fazer uma edição com filmes que completam 50 anos em 2018. Além do 2001, saca só essa listinha: A Noite do Mortos-
    Vivos, Planeta dos Macacos, O Bebê de Rosemary, Bullitt, Era uma vez no Oeste e Teorema!!!!! Isso sem falar em alguns outros filmes foda como: Desafio das Águias, Enigma de uma Vida , Crown, o Magnífico, Barbarella, Um convidado bem Trapalhão, Na Mira da Morte (que eu ADORO!), Faces, Um Estranho Casal, Se… Que ano!

    Curtir

  5. Olá Varanda! Nunca assisti a nenhum filme do Predador, talvez isso tenha facilitado e muito a diversão. Terminei indo ver o filme sem parâmetro e sem expectativa, com a mente vazia como um dia de domingo. E o fato é que o filme não me ofendeu tanto. Achei tudo tão debochado e esculhambado que me rendi a sessão. Tudo é tão caótico e desacreditado que a única opção que me dei diante daquele momento foi rir de tudo aquilo. Pessoal, why so serious? O filme é legalzinho, confessem vai. Voltando ao Oscar, vocês não mencionaram a Claire Foy em “First Man”. Vocês acham que ela não tem chances de entrar na disputa? Um abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s