EP 128: Han Solo | Vidas Secas

[Solo Seco]

Em clima de desabastecimento, dois filmes bem diferentes em cenários áridos.

O spin-off Han Solo: Uma História Star Wars (11:08), dirigido por Ron Howard, conta a história do surgimento do mercenário intergaláctico mais famoso dos cinemas.

A Cinemateca da Varanda # 2 traz o clássico Vidas Secas (45:10), dirigido por Nelson Pereira dos Santos. O livro, a repercussão na época, a influência do neo-realismo e o impacto que até hoje o filme tem.

Cantinho do Ouvinte e Recomendações que destacam os filmes em cartaz: A Câmera de Claire e Uma Escala em Paris. Bom podcast!

| Metavaranda |

Han Solo: Uma História Star Wars| Ron Howard | 49

| Varandeiros |

Chico Fireman @filmesdochico
Cris Lumi @crislumi
Michel Simões @michelsimoes
Tiago Faria @superoito

| Cinema na Varanda nas redes sociais |

Facebook: facebook.com/cinemanavaranda
Twitter: @cinemanavaranda
Instagram: cinemanavaranda
e-mail: podcastcinemanavaranda@gmail.com

Gravado no domingo, 27 de maio, na varanda do Michel.

Anúncios

3 comentários sobre “EP 128: Han Solo | Vidas Secas

  1. Amigos,

    Eu vi Solo… Como posso dizer… Um passatempo e só! Um filme tecnicamente bem realizado e com dose zero de emoção.

    Diferentemente de vocês, eu gostei do jovem Han, acho que do segundo para o terceiro ato o ator encarna bem a figura e consegue vender que aquele camarada é o Han jovem e inocente.

    Já Emily continua a ser apenas a atriz de GOT… fraca e sem graça… Sua melhor atuação no cinema é aquela comédia romântica.

    Minha nota seria 5

    Abraços!
    Carlos Lira

    Curtir

  2. Olá, Varanda! A única coisa que posso dizer é que ‘Han Solo’ é um filme meia boa para um personagem tão icônico. Achei a figura do Han Solo tão romantizada que pensei que essa história do Star Wars mas parecia o conto do príncipe encantado em busca da sua eterna amada. Sem mais papo, vocês definiram muito bem: o ponto alto do filme é não agredir ninguém. Sobre ‘Vidas Secas’ tento tomar coragem para assistir. Li o livro na época do vestibular. Me impactou tanto que nunca tive coragem de assistir o filme, tanto ele quanto ‘A Hora da Estrela’. Preciso desbravar essa pérola do cinema nacional, mas emocionalmente preciso estar bem. Agora um questionamento. Eu e minha amiga estávamos discutindo sobre filmes que nós amamos e que queríamos que os nossos amigos amassem tanto como a gente. Porém, o efeito é contrário. O seu amigo, só não gostou do filme, como derrubou ele da varanda. Queria saber de vocês qual aquele filme que cada um amou individualmente mas o amigo do lado derrubou da varanda e você ficou sentido? Um abraço!

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s