Episódio 54: Varanda Awards 2016

Quais foram os melhores filmes de 2016? E os piores? Essas são apenas duas das categorias em discussão no episódio especial que marca a primeira (e, desde já, histórica!) edição do Varanda Awards. Hora de lembrar dos momentos que marcaram um ano, no mínimo, turbulento. Os varandeiros Chico Fireman, Michel Simões, Tiago Faria e Cris Lumi elegem, entre outros, as atuações inesquecíveis, os longas superestimados, os grandes filmes que não foram lançados no circuito brasileiro e aqueles que merecem ser jogados da varanda.

E mais: reunimos todos os convidados do ano que passaram pelo Cinema na Varanda para compor um top 10 especialíssimo. Concorda com o resultado? Discorda? Deixe sua opinião e aguarde o próximo Cantinho do Ouvinte. Bom podcast e feliz 2017!

Gravado no domingo, 18 de dezembro, na varanda do Michel.

Anúncios

20 comentários sobre “Episódio 54: Varanda Awards 2016

  1. Neste momento de balanço anual, vocês concordam que 2016 foi um ano em que os grandes medalhões do cinema decepcionaram um pouco? Pergunto isso principalmente pensando nos novos filmes de Clint, dos irmãos Coen, de Allen e de Tarantino. E do Brian De Palma só tivemos um documentário sobre a sua obra. Será isso uma simples coincidência? Nada a ver? Ou será um presságio (para citar um filme querido do Tiago e meu também)? Um presságio de que o campo está se abrindo para o novo? Falo isso, mas espero estar errado. Foi apenas algo que me passou pela cabeça.

    Curtir

    1. Boa análise, Ailton. Concordo com você. Mas, quando leio elogios muito entusiasmados a ‘Sully’, ‘Os Oito Odiados’ e ‘Café Society’, começo a perceber que essa impressão pode ser bem relativa. Há quem acredite que os medalhões estão fazendo filmes incríveis, ainda que incompreendidos por alguns.

      Abraço!
      Tiago

      Curtir

  2. Que episódio maravilhoso para fechar o ano. Quando comecei a ouvir achei que seria o com a maior duração do ano, mas pelo contrário, foi provavelmente o mais curto – passou voando. Foi um ano de excelentes participações, excelentes discussões e muitas risadas. Fiquei emocionado com a homenagem em ter uma categoria com o meu nome.

    Seguindo as categorias, minhas escolhas:
    Prata da Casa: Boi Neon
    Despencou da Varanda: Joy/A garota dinamarquesa
    Prometeu e não cumpriu: Spotlight/Dois Caras Legais
    Tamanho não é documento: O quarto de Jack
    Surpresa do ano: Invasão Zumbi
    Prêmio Henrique Miura: Todos os meus comentários empatados, humildemente.
    A unanimidade é tola: Elle (gosto do filme, mas é um trem fora da linha, parafraseando o Tiago)
    Quem te viu quem te vê: David O. Russell, com Joy. Pra quem um dia fez Três Reis…
    Não posso opinar: 95% do circuito
    Guilty Pleasure: O Bom Dinossauro (é ruim, mas tem o molequinho, como não gostar?)
    Guilty Pleasure na linha Michel: Cidadão Kane
    Filmes inéditos: não vi nem o que lançou, imagine algo inédito, coitado de mim.

    Vi poucos filmes esse ano, meu TOP 10 é:

    1. Cavalo de Turim
    2. O Quarto de Hack
    3. Carol
    4. Boi Neon
    5. Aquarius
    6. Sully
    7. Jovens, Loucos e Mais Rebeldes
    8. Invansão Zumbi
    9. Zootopia
    10. Os 8 Odiados

    abraços e excelente 2017.

    Curtir

  3. Olá pessoal do cinema na varanda.

    Vocês ainda não me conhecem, este é meu primeiro comentário por aqui, logo no último episódio do ano.

    Passo para parabenizar pelo podcast delicioso e celebrar um espaço onde se discute cinema com qualidade e bom humor.

    Comecei a acompanhar no episódio 49, se não me engano, mas já estou fazendo uma retrospectiva. Este ano assisti pouquíssimos filmes, então não consigo criar um top 10 ainda, mas posso afirmar que Aquarius e Elle certamente estariam na lista. Já Carol não me comoveu tanto.

    ps 1: Gostei do polêmico episódio do Villeneuve e Dolan, mesmo gostando do Dennis. Do Xavier ainda não vi nada. Acho que temos que aceitar visões diferentes mesmo, refletir sobre elas, pois só engrandece nossa percepção da arte e das coisas da vida em geral. E adorei que tiveram que engolir “A Chegada” entre os 10 mais do ano, aprendizado pra todo mundo.

    ps 2: Christopher Nolan é o cara! (tamo junto Michel)

    ps 3: Mais Fala Cris, por favor.

    Abraços e um 2017 com muito cinema na varanda pra todos nós!

    Curtir

    1. Bem-vindo à Varanda, Helder! 🙂

      Sobre o Christopher Nolan… Minha hipótese: o Michel já não gosta mais tanto assim do diretor, só não sabe disso. Veremos o que ele dirá sobre o próximo filme do sujeito.

      Abraço (e, sim, queremos mais Fala Cris em 2017)!
      Tiago.

      Curtir

  4. Muito divertido esse último episódio do ano. Acho 60 min a duração perfeita; confesso que tenho certa preguiça de ouvir os episódios mais longos.
    Foi muito bom acompanhá-los ao longo deste ano. Aproveitei muitas dicas e dei muita risada. Vocês formam um verdadeiro quarteto fantástico. A mistura de erudição e entretenimento na medida certa torna o podcast muito agradável.
    Grande abraço e um ótimo 2017.
    Segue minha lista de filmes do ano:
    Os 10 melhores:
    1) Carol
    2) O Cavalo de Turim
    3) Aquarius
    4) Sinfonia da Necrópole
    5) Cemitério do Esplendor
    6) Os Oito Odiados
    7) Academia das Musas
    8) Elle
    9) A Bruxa
    10) Sully

    Menções honrosas:
    Ela Volta na Quinta
    Jovens, Loucos e Mais Rebeldes
    Tangerine
    Invasão Zumbi

    Melhor animação:
    Zootopia

    Pior filme:
    Esquadrão Suicida

    Curtir

  5. Para quem estiver curioso sobre a listas dos convidados, aí vai a minha. Ah, como o Michel falou no programa, se não fosse a regra da exibição no nosso circuito ainda neste ano, O.J.: Made in America e Hell or High Water estariam no meu top 10.

    Abraços a todos e um 2017 com muito mais filmes!

    1 – O Filho de Saul
    2 – O Lamento
    3 – Elle
    4 – O Abraço da Serpente
    5 – Demônio de Neon
    6 – Aquarius
    7 – Demon
    8 – Julieta
    9 – A Bruxa
    10 – Águas Rasas

    Curtir

  6. Fecharam 2016 com chave de ouro, baita episódio e muito legais os prêmios. Vou deixar aqui a minha lista de filmes favoritos do ano também (aliás, não pude assistir Do Que Vem Antes, infelizmente).

    1- A Assassina
    2- Carol
    3- O Cavalo de Turim
    4- Jovens, Loucos e mais Rebeldes!!
    5- A frente fria que a chuva traz
    6- Aquarius
    7- Elle
    8- Certo Agora, Errado Antes
    9- Para Minha Amada Morta
    10- Os Oito Odiados

    E algumas menções honrosas: O Homem nas Trevas, Romance à Francesa, Cemitério do Esplendor, Creepy, A Vizinhança do Tigre e A Academia das Musas.

    Feliz ano novo! 🙂

    Curtir

  7. Olá varandeiros Chico, Cris, Michel e Tiago!
    Acompanho o podcast de vocês desde o começo lá em janeiro (embora bem antes eu já acompanhasse alguns de vocês separadamente (Filmes do Chico e Toca do Cinéfilo)), mas é a primeira vez que crio coragem pra comentar aqui. Bom, enfim, digo que no início do ano, para um jovem cinéfilo iniciante, com dezessete anos recém-completos e começando a me apaixonar sem volta pela Sétima Arte, o Cinema na Varanda foi a partir dali, sem hipérbole, um presente delicioso a cada semana, um que, sem dúvida, incrementou bastante o meu interesse em escrever e debater sobre filmes (em assistir, nem se fala). Embora eu não ouça muitos outros podcasts, posso inegavelmente dizer que o de vocês é especial entre os que existem e é especial para mim.
    Pois, em cada semana com muito bom humor, sinceridade, descontração, ao mesmo tempo que com seriedade, organização e franqueza para tratar de pautas e tópicos, vocês acabam criando um vínculo, um sentimento de fidelidade conosco, ouvintes, pela interação e proximidade que estabelecem, o que sempre impulsiona e impulsionará uma vontade nada pequena e cada vez maior pelo próximo episódio, um algo que raramente vejo em podcasts por aí.

    Valeu por tornarem meu ano com o cinema mais singular e divertido!

    E agora, de acordo com as categorias da premiação, minhas escolhas pessoais para este ano:
    Prata da casa: Aquarius / Campo Grande (empate)
    Despencou da Varanda:
    Nacional: A Bruta Flor do Querer
    Internacional: Juventude
    Prometeu e Não Cumpriu: Boa Noite, Mamãe
    Tamanho não é Documento: A Academia das Musas
    Surpresa do Ano: Amor & Amizade
    A unanimidade é tola: O Regresso
    Quem te viu e quem te vê: Os Oito Odiados
    Não posso opinar: Sieranevada (não vi, mas ainda dá)
    Guilty Pleasure: Batman vs Superman: A Origem da Justiça
    Filme inédito: Toni Erdmann
    Melhor atriz: Sônia Braga por Aquarius
    Melhor ator: Ygor Manuel por Campo Grande / Jacob Tremblay por O Quarto de Jack (empate)

    Top 10 do ano

    1. O Cavalo de Turim
    2. Visita ou Memórias e Confissões
    3. Carol
    4. Aquarius
    5. A Academia das Musas
    6. Do Que Vem Antes
    7. Invasão Zumbi
    8. A Assassina
    9. Os Campos Voltarão
    10. Certo Agora, Errado Antes / Elle

    Menções honrosas:
    Campo Grande
    Amor & Amizade
    A Bruxa
    Depois da Tempestade
    Boi Neon

    Obs: para 2017, por favor,
    Continuem com o timing afiado
    Fala Cris em alta
    Episódio-homenagem pro Nic Cage porque ele merece

    Parabéns por esse um ano, foi um privilégio acompanhá-los durante 2016. Que venha 2017! Abraços e Feliz ano novo 😉 !

    Curtir

  8. Maravilha de comentário, João Pedro 🙂 Ótimo saber que você curte o podcast e aguarda sempre os episódios. Olha, você resumiu com precisão as nossas intenções: conversar sobre cinema de uma maneira informal, mas informativa e em profundidade. Não é sempre que conseguimos cumprir essa missão, mas é legal saber que, de vez em quando, a gente chega perto disso e agrada a cinéfilos como você. O seu top 10 é excelente, adorei.

    Abração!
    Tiago.

    Curtir

  9. 1. Your Name (Makoto Shinkai)
    2. Neon Demon (Nicholas W Refn)
    3.Three (Johnnie To)
    4. Call of Heroes (Benny Chan)
    5. Right Now, Wrong Then (Hong Sang-soo)
    6.Sing Street (John Carney)
    7. The Nice Guys (Shane Black)
    8. My Beloved Bodyguard (Sammo Hung)
    9. Sully (Clint Eastwood)
    10. Everybody Wants Some (Richard Linklater)

    Tem alguns nessa lista que ainda não lançaram no circuito (eu acho) e ainda tem muito filme que eu não assisti e acho que vai entrar no meio (Elle, Creepy do Kurosawa, alguma coisa do Sion Sono talvez) mas achei legal colocar a lista dos melhores filmes que eu assisti até o último dia do ano.

    Curtir

  10. Apos anos, voltei a ouvir podcasts e este aqui foi uma grande descoberta. Excelente! Mas como sou chato, seguem umas chaturas: tem um de vcs que da uns gritos histericos em cima do microfone q chega a doer o ouvido; enquanto isso a Cris fica super distante, as vezes nem da pra escuta-la. Reposiciona o microfone, pls. No mais, so elogios, aprendi muito e parabens por discutirem sem brigar e respeitar as diferencas. Coisa rara hoje em dia.

    Curtir

  11. Podiam botar sua lista final aqui nos comentarios (e talvez as listas individuais). PS: Avisei q sou chato…
    PS2: Os nomes dos premios foram muito bons! (um elogiozinho, pra compensar a enchecao de saco) 😉

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s