Episódio 5: Virando o Jogo

Em Joy: O Nome do Sucesso, a personagem de J-Law vira o jogo pra tentar escapar de uma vida cheia de dívidas e restrições… mas David O. Russell conseguiu dirigir um filme tão ‘mágico’ quanto o esfregão que ela inventou? O Menino e o Mundo, que reestreia, virou o jogo pro cinema brasileiro, concorre ao Oscar… e está longe da perfeição? A Academia, por sinal, anunciou uma série de mudanças para virar o jogo contra as acusações de preconceito. O que muda de verdade? Por fim, A Grande Aposta venceu o prêmio do Sindicato dos Produtores de Hollywood (PGA) e virou o jogo na corrida pelo Oscar. A guerra está ganha? No episódio da semana, Chico Fireman, Michel Simões e Tiago Faria comentam esses e outros casos curiosos de ‘volta por cima’.

MetaVaranda (média dos filmes comentados na semana):

Joy – O Nome do Sucesso | Joy | David O. Russell: 47
O Menino e o Mundo | Alê Abreu: 70

Gravado na noite de domingo, 24 de janeiro de 2016, na varanda do Michel.

Anúncios

Um comentário sobre “Episódio 5: Virando o Jogo

  1. Sobre o assunto preceito do Oscar esse ano:
    Talvez neste ano não tenha nunhum negro esse ano mesmo que mereça a premiaçao….mas já ficou claro pra quem gosta de filmes, quem são os grupos de excluidos no Oscar de maneira geral. Talvez o Oscar tenha que mudar a forma que ele é votado e quem e como as pessoas estão votando.

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s